Igrejas do Centro Histórico de São Luís

Igreja da Sé

Avenida Pedro II

Igreja de Nossa Senhora da Vitória. É a Catedral de São Luís, conhecida como Igreja da Sé. Construída a partir de 1690 pela Companhia de Jesus, passou por várias reformas. A forma atual é do início do século XX. O maior destaque é o retábulo em talha dourada no altar-mor, realizado nos finais do século XVII, tombado pelo IPHAN em 1954.

 

Igreja do Desterro

Mas antiga igreja de São Luís e a única no Brasil com traças da arquitetura bizantina. A primeira construção é de 1618. Passou por várias reformas nos séculos seguintes. A atual ainda tem traços remanescentes da reforma de 1869. Passou por reformas em 1943, 1954 e 1975.

 

Igreja do Carmo

Praça João Lisboa ou Largo do Carmo

A Igreja e Convento do Carmo foram construídos em 1627 e são extrema importância para a história de São Luís. Possuem pouco das construções mais antigas. Apenas alguns painéis de azulejos datados de 1866.

 

Igreja de Santana

Rua de Santana

Apresenta estilo Neoclássico e alguns elementos do Barroco. Nas paredes laterais da área interna há painéis em azulejos portugueses.

 

Igreja de Santo Antônio

Praça Santo Antônio (Praça Antônio Lobo)

Foi construída em 1867. No local, antes, ficava uma capela erguida em 1624, construída nas ruínas do antigo convento de São Francisco, edificado em 1612. Foi nesta capela que Antônio Vieira dissera o célebre “Sermão dos peixes”.

 

Igreja de São João Batista

Esquinas das Ruas da Paz e São João

Primeira construção é de 1665 e reconstruída em 1934. Abriga os restos mortais do traidor da Inconfidência Mineira, Joaquim Silvério dos Reis.

 

Igreja de São Pantaleão

Rua de São Pantaleão

Primeira construção é de 1780. No local funcionou, desde 1829, a Roda dos Enjeitados, onde crianças recém-nascidas eram abandonadas pelas mães que não queriam ou que não podiam criar os seus filhos.

 

Igreja do Rosário

Rua do Egito, esquina com a Rua Santo Antônio

Remonta ao século XVIII e tem ligações com irmandades católicas, inclusive as ligadas a comunidades de negros. Em 1814 saiu da Igreja do Rosário, pela primeira vez, a Procissão da Caridade, que promovia enterros gratuitos de pessoas pobres. Desde 1947, a Irmandade de São Benedito é a responsável pela igreja e pela festa de São Benedito. No local acontece, em novembro, a Missa dos Quilombos.

 

Igreja dos Remédios

Praça Gonçalves Dias (Praça dos Remédios)

A primeira igreja é de 1798 e a atual é do início do século XX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *