Cidades do Maranhão no Acervo de fotos do IBGE

Fotos de época do Maranhão estão circulando nas redes sociais, mas poucas com indicação do acervos que disponibiliza a imagem.

O site Agenda Maranhão inicia postagens de imagens antigas, incluindo gravuras, indicando os acervos de origem. Algumas são inéditas.

Aqui, estamos indicando o acervo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com fotos de paisagens de época de cidades e povoados (alguns viraram municípios) do interior do Maranhão. Veja algumas imagens abaixo.

Este trabalho do site Agenda Maranhão tem três objetivos:

– Divulgar imagens antigas do Maranhão;

– Incentivar as pessoas a postarem as imagens antigas com o nome do acervo de origem, inclusive se for um proprietário individual;

– Incentivar o debate saudável envolvendo imagens antigas, com polêmicas de indicações de localização, correções de acervos de origem e outras contribuições.

Pesquisa

Varias fotos que circulam nas redes sociais já foram postadas na Revista do Norte e outras publicações e álbuns do fim do século XIX e início do século XX.

O site Agenda Maranhão, por meio de pesquisas minhas, José Reinaldo Martins, e contribuição de pesquisadores como a historiadora Amanda da Silva e Silva, está selecionando e identificando fotografias que foram publicadas na Revista do Norte para fazer uma sequencia, por tema, de postagens no site.

Ante de concluir e disponibilizar o trabalho envolvendo a Revista do Norte e outros acervos, o site Agenda Maranhão posta fotos e indica sites de acervos com fotografias antigas do Maranhão.

O Primeiro acervo indicado é o do IBGE.

Acervo do IBGE

Várias fotos desse acervo já circulam nas redes sociais.

Em algumas, o Acervo IBGE indica informações de autor, ano e outros dados.

Há fotos, principalmente, de paisagens de municípios do interior do estado.

Algumas são disponibilizadas pelo Acervo IBGE, mas com indicação de outros acervos de origem.

São imagens de mais de 50 municípios. Vale conferir. Vale conferir

Municípios.

Entre os municípios com mais fotos no acervo do IBGE estão São Luís, Caxias, Imperatriz, São José de Ribamar e Barra do Corda.

Há fotos de Açailândia, Afonso Cunha, Alcântara, Altamira do Maranhão, Alto Parnaíba, Anajatuba, Arari, Axixá, Araioses, Bacabal, Bacuri, Benedito Leite, Bequimão, Boa Vista do Gurupi, Balsas, Barreirinhas, Benedito Leite, Bom Jardim, Bom Jesus das Selvas, Brejo, Buriti Bravo e Barão de Grajaú.

De Cajapió, Cedral, Cantanhede, Codó, Colinas, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Carutapera, Cândido Mendes, Dom Pedro, Duque Bacelar, Esperantinópolis, Estreito, Eugênio de Barros, Fortuna, Fortaleza dos Nogueiras, Godofredo Viana, Gonçalves Dias, Graça Aranha, Grajaú, Guimarães e de Governador Eugênio de Barros.

De Humberto de Campos, Icatu, Itapecuru-Mirim, João Lisboa, Lago do Junco, Luis Domingues, Lago Verde, Lima Campos, Lago da Pedra, Loreto, Mata Roma, Matinha , Morros, Mirador, Mirinzal , Monção, Montes Altos, Magalhães de Almeida, Matões, Nina Rodrigues, Nova Olinda do Maranhão e Nova Iorque.

De Olho d’Água das Cunhas, Paço do Lumiar, Paulo Ramos, Paraibano, Parnarama, Pastos Bons, Porção de Pedras, Presidente Juscelino, Presidente Vargas, Paraibano, Pio XII, Peri-Mirim, Pedreiras, Penalva, Pindaré-Mirim, Pinheiro, Porto Franco, Presidente Dutra, Primeira Cruz, Pirapemas, Riachão e Rosário.

De Santa Inês, São Feliz de Balsas, São Luiz Gonzaga, São Vicente Ferrer, Santa Rita, Santa Quitéria, Santo Antônio dos Lopes, Sucupira do Norte, Santa Helena, São Francisco do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São João Batista, São João dos Patos, São Bernardo do Maranhão, São Mateus, São Raimundo das Mangabeiras, São Bento, Santa Quitéria, Sambaíba e Sítio Novo.

De Tasso Fragoso Timon, Tutoia, Tuntum, Turiaçu, Timbiras, Trizidela do Vale, Urbano Santos, Vargem Grande Viana, Vitorino Freire, Zé Doca entre outros.

Seleção do Acervo IBGE

A primeira imagem, a que abre esta postagem, é da Travessa Marcellino Almeida, com o detalhe da lateral do casarão que existia onde é, hoje, a Praça Nauro Machado, na Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís.

Acervo fotográfico do IBGE

A Avenida Casemiro Júnior  – Bairro do Anil – São luís-MA

Acervo fotográfico do IBGE

Série: Acervo dos municípios brasileiros

Assuntos: Maranhão; Ruas; São Luís (MA)

Av. Casimiro Júnior

 

Bairro do Desterro, São luís – MA

Nesta foto, Bairro do Desterro, de meados do século XX, o mar ainda está ‘colado’ ao Centro Histórico de São Luís. Parte da área de mar presente na imagem é, hoje, o Anel Viário e Aterro do Bacanga. A imagem é de autoria de Dreyfus Nabor Azoubel (1919-2002), que trabalhou em vários jornais, entre os quais Pacotilha/O Imparcial. Foi um dos primeiros fotojornalistas do Maranhão.

Acervo fotográfico do IBGE

Bairro Desterro

 

Cais do Portinho, São luís – MA

Nesta foto, Cais do Portinho, também de meados do século XX, o mar continua ‘colado’ ao Centro Histórico de São Luís. É outra imagem de autoria de Dreyfus Nabor Azoubel (1919-2002), que trabalhou em vários jornais, entre os quais Pacotilha/O Imparcial. Foi um dos primeiros fotojornalistas do Maranhão.

Acervo fotográfico do IBGE

Cais do Portinho

 

Casa onde nasceu Coelho Neto – Caxias (MA)

Acervo fotográfico do IBGE

Série: Acervo dos municípios brasileiros

Assuntos: Caxias (MA); Centros comunitários; Habitações; Maranhão

Título Secundário: Casa onde nasceu Coelho Neto

Notas do site do IBGE

A sede do Centro Artístico Operário Caxiense foi construída pela Prefeitura para abrigá-lo, na década de 1930. A casa onde nasceu o poeta Coelho Neto localizava-se onde foi construído a sede do Centro Artístico Operário Caxiense, na Rua Palma que foi rebatizada no século XX com o nome do Romancista. Segundo pesquisadores, a casa da família de Coelho Neto era simples, possivelmente porta e janela, meia-morada ou morada inteira, estilos arquitetônicos usados na época. Na década de 1960 a casa foi totalmente reformulada, recebendo a fachada que se mantém até hoje. Na entrada do Centro Artístico há uma placa indicando que naquele local nasceu Coelho Neto.

Disponível em: https://eziquio.wordpress.com/category/imagens/. Acesso em: jan. 2017.

Disponível em: http://livros01.livrosgratis.com.br/cp136722.pdf. Acesso em: jan. 2017.

Disponível em: http://migre.me/vTm4G. Acesso em: jan. 2017.

 

Liceu Maranhense,  São luís – MA

Acervo fotográfico do IBGE

Praça Deodoro: Liceu Maranhense : São luís, MA

 

Imperatriz – MA e o Rio Tocantins

A imagem é de uma Imperatriz parecendo um povoado e o Rio Tocantins largo, belo e majestoso. Imperatriz, hoje, tem 248 mil habitantes.

Acervo fotográfico do IBGE

Vista panorâmica da cidade: Rio Tocantins: Imperatriz, MA

Deixe uma resposta

Assign a menu in the Right Menu options.