Cine Lume e cinéfilos de todos os tempos 

O Cine Lume, ideia do cineasta Frederico Machado, começou a funcionar no ano 2013, em São Luís. Parece que foi ontem, se comparado ao Cine Colossal, que existiu na década de 1980, na Avenida Castelo Branco.

Espaço privilegiado de cinéfilos de filmes que não passam nas salas convencionais das redes de cinema dos shoppings e nem no Netflix, o Cine Lume, nestes anos, marcou época como ponto de encontro de um público que tem poucas opções de lazer em São Luís.

É impossível falar do Cine Lume e não lembrar do poeta Nauro Machado. Olhava ele, às vezes, no Cine Lume, fora de seu habitar natural, o Centro Histórico de São Luís.

Lembrei de Nauro Machado, também, por causa de uma foto dele, transitando pelo Centro Histórico, que o fotógrafo Brawny Meireles inclui em seu último álbum, lançado em junho deste ano.

A nova cidade, com avenidas como a Colares Moreira, onde fica o Cine Lume, não era exatamente a praia de Nauro Machado, um ser do Centro Histórico de São Luís, cenário no qual consolidamos uma amizade.

Mas, Nauro Machado, cinéfilo do tempo das sessões Cine de Arte, que acontecida as 23h, no Cine Éden, na Rua Grande, fez do Cine Lume um portal para transitar pela nova cidade. Ele ainda chegou a morar, pouco tempo, no Renascença. Encontrei ele, perto da Academia Viva Água, e fomos conversando até o Shopping Tropical.

Pelo bem de São Luís, que está sofrendo muito neste momento de grande crise econômica no Brasil, desejo que empreendimentos, como o Cine Lume, tenham longos anos.

A proposta de Frederico Machado, para manter o sonho vivo, é fortificar a Associação dos Amigos do Cine Lume, por meio de sócios contribuintes que terão acesso livre às projeções.

É garantida a estreia de, pelo menos, 8 filmes mensais no cinema, mais 6 mostras ou festivais anuais no cinema.

“Acreditamos que para aqueles que acham importante o espaço na cidade e a manifestação da arte cinematográfica plena em termos de exibição em São Luís, se faça presente e reforce e apoio ao nosso compromisso. As pessoas que quiserem se tornar sócias do cinema, já podem passar no cinema hoje a partir das 18h30. O valor da mensalidade será de R$ 90,00”, afirma Frederico Machado.

Que esse sonho permaneça vivo e o Lume continue sendo um espaço privilegiado do cinema e um ponto de encontro entre amigos.

1 comentário

Deixe uma resposta

7 + 3 =