Maranhão na Tela 2018 nas salas do Kinoplex, no Golden Shopping

Frederico Machado será homenageado no festival

Os principais filmes do festival Maranhão na Tela 2018 serão exibidos em duas salas de cinema no Golden Shopping (bairro do Calhau), por meio de parceria com a Kinoplex.

A programação do festival, que acontece de 15 a 24 de novembro, inclui, também, painéis, rodada de negócios e o festival Animarte, no Centro Cultural Vale Maranhão e no Hotel Grand São Luís.

Entre os homenageados, o ator e diretor Murilo Benício e o cineasta maranhense Frederico Machado.

Nas salas Kinoplex, serão cinco sessões diárias, todas gratuitas. “É um enorme salto de qualidade e um privilégio para o festival poder exibir os principais filmes nas melhores salas de cinema do Maranhão”, afirma a produtora e idealizadora do festival, Mavi Simão.

Esta é a décima primeira edição do festival, realizado pela Mil Ciclo Filmes. Tem patrocínio da Oi e do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, entre outros parceiros.

A identidade visual do evento é baseada em seis trabalhos de óleo sobre papel cartão do artista maranhense Walter Sá.

Ambiente de Mercado

O Ambiente de Mercado acontecerá entre os dias 17 e 23 de outubro no Centro Cultural Vale Maranhão – CCVM. Serão oito painéis, cinco masterclasses e um laboratório de pitching.

O Maranhão na Tela LAB foi criado para fomentar e impulsionar as possibilidades de negócios do audiovisual produzido nesses nove estados.

Dezenas de convidados entre executivos, criativos e representantes institucionais do audiovisual brasileiro estarão presentes em São Luís para o primeiro ambiente de mercado das regiões Norte e Meio Norte.

As credenciais para o Ambiente de Mercado estão à venda pelo Site da Smpla, que também pode ser acessado através do site do Maranhão na Tela

A credencial custa R$ 50 (profissionais) e R$ 25 (estudantes) e dará acesso a programação integral do evento, exceto a rodada de negócios.

Laboratório de projetos

Os projetos que participarão da rodada de negócios serão selecionados pelos próprios players (profissionais do áudio visual). São eles que irão decidir quais projetos querem conhecer durante as rodadas.

Para aumentar a competitividade dos projetos maranhenses, o festival irá realizar quatro laboratórios, em parceria com o Sebrae, nas áreas de ficção, animação, documentário e game. Todos direcionados a potencializar a apresentação dos projetos no ato da inscrição e, em caso de seleção, na rodada de negócios.

Deixe uma resposta

66 − = 61