Ponte São Francisco é dos pedestres

 

A interdição da Ponte São Francisco durante o carnaval foi surpreendentemente bem recebida, a exceção de uns poucos contrariados com as inevitáveis mudanças no trânsito necessárias nesse período.

Andar pela ponte foi um instante de relax e lazer para as pessoas.

Alguns aproveitaram para transitar de bicicleta e de skate.

Outros fotografaram o por do sol entre as nuvens deste tempo das chuvas e a maré cheia no Rio Anil.

A interdição da Ponte São Francisco funcionou bem, também, pelo fato do serviço de segurança pública ter sido eficiente.

O espaço dos estuários dos rios Anil e Bacanga na Baia de São Marcos é uma das paisagens mais belas da Ilha de São Luís. E é mais perceptível aos que transitam a pé.

Há os que estão sugerindo que o conjunto ponte São Francisco/Av. Beira-Mar seja interditado aos domingos para ser um espaço de lazer e prática esportiva, como acontece com a Av. Paulista (cidade de São Paulo) e parte da Av. Atlântica, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Neste caso, a Prefeitura de São Luís e Detran-MA teriam de ter o cuidado de organizar um sistema eficiente e seguro de estacionamento na área da Avenida Castelo Branco e de circulação  alternativa de ônibus, considerando o movimento na feirinha da Praça Benedito Leite e Mercado Central aos domingos e para as praias. É uma proposta a ser pensada.

O momento é de aproveitar o sucesso do Carnaval e humanizar São Luís.

Foto: j.Silva

 

Deixe uma resposta

40 + = 44