Anajatuba, 1955

Visão aérea da cidade de Anajatuba, em 1955.  Autor é desconhecido

O município está localizado na área da Baixada Maranhense mais próxima da BR-135 e do Campo de Perizes.

Foi elevada à categoria de vila em 1854, sendo desmembrada do município de Itapecuru-Mirim. Em 1933, o município foi extinto e anexado ao território de Rosário, sendo emancipado, novamente, em 1938.

A região foi envolvida na Batalha da Balaiada (1838 a 1841).

O professor e membro da Academia Anajatubense de Letras, Mauro Rego, informa que a primeira igreja da cidade é de 1847.

Em 1871, a igreja foi atingida por um raio e pegou fogo.

Em 1948, devido a problemas de rachadura, foi demolida pelo padre Chiquinho (Monsenhor Francisco de Paula Dourado e Silva).

A reconstrução só foi concluída em 1961.

O professor do Curso de História da Ufma, Manoel Barros Martins, que tem vínculos com Anajatuba, faz reverencia a Mauro Pereira Bastos Rego, que tem mais de 80 anos. Ele é educador e escritor da cidade.

Mauro Pereira Bastos Rego é autor dos livros Santa Maria de Anajatuba,
Os Fantasmas do Campo, volumes I II, entre outros.

Deixe uma resposta

− 6 = 2