Flavio Dino anuncia Centro Caixeiral como espaço educacional

O prédio do Centro Caixeiral, imóvel estratégico na manutenção da harmonia estético-arquitetônica e urbanística do Centro Histórico de São Luís, será um espçao educacional. A proposta foi anunciada pelo governador Flávio Dino, nesta segunda-feira (24), em São Luís, durante a solenidade de assinatura do decreto que institui o Programa Nosso Centro.

A foto desta publicação, de autoria de Gaudêncio Cunha, é do início do século XX. Foi gentilmente disponibilizada pelo historiador e colaborador do site, Antônio Guimarães. Há outras três fotos desse imóvel, de autoria de Clodomir Pantoja, José Mendonça e Mercator que o site publicará em sequência.

O Centro Caixeiral é um prédio com fachada de formato em “U” com frente à Praça Benedicto Leite e laterais às Ruas de Nazaré e Dom Francisco (Beco da Sé).

Por meio do Programa Nosso Centro, o Governo do Maranhão planeja investir R$ 240 milhões em obras e serviços de revitalização do Centro Histórico de São Luís. O trabalho será realizado por meio de parcerias, principalmente, com o setor empresarial.

Uma das propostas é transformar o prédio do Centro Caixeiral em um espaço educacional. O imóvel será revitalizado, mas não está definida, exatamente, qual será a atividade.

Flávio Dino disse que o prédio poderá ser utilizado com ações de universidades públicas ou as que são promovidas pelos setores de educação e produção tecnológica do Governo do Estado. Indicou, também, que há abertura para atividades de instituições educacionais privadas, dependendo do que for definido por meio de investimentos realizados em parceria.

O Programa Nosso Centro está dividido em 5 polos: incentivar a fixação de moradores; incentivar a instalação de atividades tecnológicas; comércio e gastronomia; turismo, cultura e lazer; e de ações institucionais.

Praça João Lisboa

Flávio Dino anunciou que será incentivada a instalação de atividades comerciais na área da Praça João Lisboa, principalmente as voltadas para a área gastronômica.

Avenida Pedro II

A Avenida Pedro II estará voltada à área institucional, com a presença de repartições públicas. O prédio do Edifício João Goulart, que será entregue em agosto ou setembro, terá esse fim. No local trabalharão cerca de 500 funcionários públicos.

Outra novidade é que a Prefeitura de São Luís vai utilizar o Edifício BEM, na Rua do Egito, que já foi recuperado.

Centro Caixeiral

Também conhecido como Escola Técnica de Comércio do Centro Caixeiral. Chegou a ser recolhimento de Nossa Senhora da Anunciação e Remédios e asilo de moças, o Educandário Carmelita de São Luís. Pertenceu ao maçom Salomão Souza que, em vida, dou para Loja Maçônica Renascença Maranhense. Funcionou, também, como um centro de ensino técnico.

Deixe uma resposta

− 2 = 1