Filme “Celso Antônio, brasileiro” estreia dia 23 deste mês

O filme “Celso Antônio, brasileiro”, dirigido por Beto Matuck é uma imersão na trajetória do escultor maranhense Celso Antônio, que viveu entre 1896 e 1984 e participou intensamente do movimento modernista, juntamente com Di Cavalcanti, Anita Malfatti, Manuel Bandeira, entre outros.

O lançamento será neste sábado (27), às 19h30, no Cinépolis, São Luís Shopping. A entrada é gratuita.

Apesar de aclamado como um importante artista de vanguarda, a obra de Celso Antônio, hoje, é refém do desconhecimento.

O documentário refaz o caminho do escultor, indagando o que teria provocado o seu declínio e impedido que sua obra ficasse registrada no imaginário das artes.

Beto Matuck

Beto Matuck informou que houve um pré-lançamento do documentário, em junho, na cidade de Caxias, no Maranhão, onde Celso Antônio de Menezes nasceu.

Homem Brasileiro

Na escultura Homem Brasileiro, Celso Antônio elege como símbolo a figura de um negro, o que faz da obra objeto de polêmica em torno das posições por meio das quais deveria ser representado o tipo racial brasileiro.

Escultura produzida por Celso Antônio

Ficha Técnica

Filme/documentário: Celso Antônio, brasileiro.
Direção: Beto Matuck
Produção: PlayVideo e Guarnicê Produções
Duração: 80 minutos
Formato: DCP
Som: 5.1
Roteiro e Direção: Beto Matuck
Produção Executiva: Joaquim Haickel e Joan Santos
Produção: Joel Yamaji e Beto Matuck
Direção de fotografia: Tiago Tambelli
Colorista: Marcelo Rodriguez
Edição de Som e mixagem: Luiz Adelmo, ABC
Som direto: André Lucap
Música: Décio Rocha
Montagem: Beto Matuck