Exposição de Lobato no Palacete Gentil Braga

A abertura da exposição 40 anos de Arte, de Lobato, atraiu várias gerações para o Palacete Gentil Braga (Esquina das Ruas Grande e Passeio, no Centro Histórico de São Luís) e fica aberta até o dia 29 de novembro de 2019, das 8h às 12h e das 14h às 20h, de segunda a sexta-feira.

Saiba mais em www.cultura.ufma.br

Entre as obras, a pintura Fonte do Ribeirão (foto).

Na exposição, um conjunto inédito de pinturas abstratas.

Na abertura, Lobato homenageou a escritora e pesquisadora Zelinda Lima.

Maranhense de São Luís, José João Santos Lobato definiu sua identificação artística com o sobrenome Lobato para divulgar a sua produção visual.

Iniciou sua trajetória artística na década de 70, com desenhos e pinturas figurativas, passando por várias fases e transformações.

“Hoje sou um artista abstrato. Comecei com figurativos e, hoje, me fixei nesse processo criativo na linguagem abstrata. Sou um pintor de fases. Vou produzindo com o que vai acontecendo”, disse Lobato.

O artista expôs pela primeira vez há 40 anos, na Galeria Eney Santana, a primeira galeria oficial da cidade de São Luís. A mudança do figurativo para o abstrato aconteceu dez anos depois, entre as décadas de 80 e 90, quando ele deu ênfase maior na linguagem abstrata.

Foto: Ascom da Ufma

                       Lobato (Foto: Ascom Ufma)

Deixe uma resposta

98 − = 95